fbpx
Conheça o primeiro
Smart Beta Global do Brasil

Como investir e minimizar grandes perdas

Escrito em out/2018

Hoje dedicamos o GEO Insights para falar um pouco sobre o conceito de investir. Em conversas recentes, chegamos à seguinte definição: Investir é comprar alguns ativos bons, com perspectiva de valorização, sem pagar caro.

Apesar de uma definição simples, a realização dessa tarefa não é fácil. Para conseguir isso, é preciso dizer muitos “nãos” pelo caminho. Um autor que nos inspira muito por sua mentalidade de investimentos é o Howard Marks*. Seu modelo de gestão é baseado em evitar as grandes perdas, pois, desta forma, os bons investimentos conseguem se manter e contribuir para um portfólio seguro.

Warren Buffett em suas dicas de investimento também diz que o ideal seria que cada pessoa tivesse um cartão com 20 espaços para preencher com diferentes oportunidades de investimento ao longo de sua vida. Uma vez que as 20 estivessem completas, a pessoa não poderia mais investir. Isso faria com que cada um pensasse melhor sobre as oportunidades que realmente fazem sentido.

Sendo assim, estabelecemos três maneiras iniciais de se preparar para minimizar grandes perdas.

1. Invista em algo que você conheça

É muito importante que você saiba porque está investindo em algo. Seja uma empresa, um título, um imóvel, um terreno, um fundo – informe-se para conhecer e compreender a oportunidade. Isso também vale para nós. Na GEO, investimos em empresas cujo modelo de negócio conseguimos entender.

2. Algo que você ache bom ter e ser dono/a

Tão importante quanto entender o investimento é saber se você se identifica com isso e está confortável para investir. Um dos pontos de partida é que tenha uma boa perspectiva de valorização no longo prazo. Daí em diante, entram questões sobre as características do ativo, o estilo de gestão, se é alavancado ou não etc. Pensando nas 20 oportunidades do cartão de Warren Buffett, será que essa é uma delas? – Essa pergunta deve ser feita de forma constante ao investir.

3. Invista por um bom preço, evite o que está caro

Sugerimos a procura por oportunidades com bons preços ou preços justos. Geralmente, quando algo está “querido” ou muito desejado pelas pessoas é um bom indicativo de que possa estar caro. É como tentar ir a um restaurante que acaba de ser premiado – provavelmente haverá muita espera para conseguir uma mesa. Ao mesmo tempo, é possível encontrar restaurantes de qualidade semelhante, que estejam fora de moda e não tenham espera para sentar.

Em nosso processo de investimento, nós dizemos que procuramos investir em empresas que estão “fora de moda”, ou seja, quando oferecem preços que consideramos baratos. Isso nos traz uma margem de segurança por oferecer bons retornos esperados no longo prazo e minimizar possíveis desvalorizações substanciais do preço de suas ações.

Acreditamos que ao praticar essas três dicas acima, o investidor se coloca em um lugar bastante privilegiado no mundo de investimentos. Afinal de contas, o patrimônio é seu e, por mais que existam agentes para auxiliar nesse caminho, é importante que você saiba investir com propriedade.

*Howard Marks é um investidor e autor americano, co-fundador da Oaktree Capital Management. Recentemente lançou um novo livro (“Mastering the Market Cycle: Getting the Odds on Your Side”) que será discutido por algumas pessoas da nossa equipe. Ainda não encontramos uma versão traduzida para o português, mas recomendamos a leitura para quem se interessar.


Fontes:

www.thebalance.com/warren-buffett-s-20-ticket-punch-card-357811
http://knowledge.wharton.upenn.edu/article/investor-howard-marks-luck-risks-job-got-away/